Skip to Store Area:

Editora Terceiro Nome

Você está agora em:

Nas tramas do crack - etnografia da abjeção, de Taniele Rui

Mais Visualizações

Nas tramas do crack - etnografia da abjeção, de Taniele Rui

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em Estoque.

R$46,00
Acrescentar itens ao carrinho Adicionar ao Carrinho

Descrição Rápida

 

Autora Taniele Rui
Páginas 400
ISBN 978-85-7816-148-4
Diagramação Antonio Kehl
Capa Irene Hollanda
Foto de capa Isadora Brant
Formato 14 x 21 cm

 



Confira aqui o que já saiu na imprensa

A disseminação do crack é a expressão máxima dos nossos problemas sociais. Esta etnografia descreve a multiplicidade de relações entre os consumidores radicais da droga e trata dos processos sociais de rejeição a eles.

Os considerados "noias", identificados pelos seus "corpos abjetos", evocam e questionam limites corporais, sociais, espaciais, simbólicos e morais, impulsionando a criação de políticas para recuperá-los e eliminá-los das "cracolândias" que se espalham e se multiplicam pelas cidades.

Baseado em trabalho de campo realizado em Campinas e em São Paulo, Nas tramas do crack traz revelações desconcertantes, estimuladas pela audácia analítica da autora, por sua compaixão pelos sujeitos pesquisados, pela visão arrojada da pluralidade de relações e de dispositivos que envolvem os usos radicais desta droga.

Melhor Tese de doutorado - Prêmio Capes de Tese 2013

Taniele Rui é antropóloga, mestre (2007) e doutora (2012) pela Unicamp. Entre 2013 e 2014 realizou pós-doutorado financiado pelo Social Science Research Council (SSRC - EUA), no âmbito do programa de bolsas Drugs, Security and Democracy. Atualmente, realiza pós-doutorado junto ao Núcleo de Etnografias Urbanas do Cebrap. Seus trabalhos enveredam pela antropologia urbana, perspectiva à luz das vidas e das situações limites.

aurbano

ajunto

blackfridayantropologia   

Outras pessoas marcaram este produto com as seguintes tags:
Acrescentar suas Tags:
Acrescentar Tags
Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.