Skip to Store Area:

Editora Terceiro Nome

Você está agora em:

Paisagens Ameríndias: lugares, circuitos e modos de vida na Amazônia, de Marta Amoroso e Gilton Mendes do Santos (orgs.)

Paisagens Ameríndias: lugares, circuitos e modos de vida na Amazônia, de Marta Amoroso e Gilton Mendes do Santos (orgs.)

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em Estoque.

R$48,00
Acrescentar itens ao carrinho Adicionar ao Carrinho

Descrição Rápida

Organizadores 

 Marta Amoroso e Gilton Mendes dos Santos

Páginas 344
ISBN

978-85-7816-126-2

Projeto gráfico Antonio Kehl
Formato 14 cm x 21 cm
Acabamento Brochura



Veja aqui o que já saiu na imprensa

Com a organização dos antropólogos Marta Amoroso e Gilton Mendes dos Santos, o livro Paisagens Ameríndias – lugares, circuitos e modos de vida na Amazônia traz uma série de ensaios com os resultados de pesquisas nas áreas de etnologia, história indígena e antropologia urbana na Amazônia Central e Meridional. Os diversos autores analisam a riqueza e a complexidade das vidas dos habitantes que se cruzam nas paisagens da região. A investigação dessas relações reserva surpresas: descobre-se que em Manaus, por exemplo, o aumento da população indígena pode dever algo ao futebol.

Os textos, entre outros aspectos, indagam os sentidos de vizinhança para a etnia Enawenê-Nawê; percorrem lugares com os sábios kumua Tukano e Baniwa e verificam as classificações que, partindo dos peixes, tratam das relações entre humanos e não-humanos no alto rio Negro; adentram pelo território banhado pelo rio Purus, habitado pelos grupos falantes das línguas arawá e descrevem sistemas de troca e cosmologias em que estão presentes as figuras dos patrões do extrativismo e suas mercadorias; relatam rituais de cura, de iniciação e de outras experiências dos ameríndios.

 

Organizadores

Marta Amoroso é professora de Antropologia (USP) e pesquisadora do Centro de Estudos Ameríndios — CEstA (USP). Suas pesquisas focalizam dois temas centrais: territorialidades indígenas em aldeamentos missionários, e natureza e sociedade na Amazônia Central. Desde a década de 1990 desenvolve pesquisas junto aos Mura da Terra Indígena Cunhã-Sapucaia (rio Madeira, Amazônia). 

Gilton Mendes dos Santos é professor do Departamento de Antropologia da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e coordenador do Núcleo de Estudos da Amazônia Indígena (NEAI/PPGAS). Conduziu pesquisas por vários anos sobre ecologia e cosmologia entre os Enawene-Nawe, na Amazônia Meridional. Atualmente se dedica à reflexão antropológica em parceria com estudantes indígenas e realiza pesquisas sobre a relação gente - planta na Bacia do Purus; é organizador do livro Álbum Purus (Edua, 2012) e de vários artigos sobre antropologia da natureza.

Coleção Antropologia Hoje

Parceria da editora Terceiro Nome e do NAU-USP para a divulgação de trabalhos, ensaios e resultados depesquisas etnográficas na área daantropologia voltados à dinâmicacultural e aos processos sociaiscontemporâneos.

Conselho Editorial

José Guilherme Cantor Magnani (diretor) – NAU/USP

Luiz Henrique de Toledo – UFSCar

Renata Menezes – MN/UFRJ

Ronaldo de Almeida – Unicamp

Luis Felipe Kojima Hirano (coord.) – NAU-USP

 

indio

índios   indígena   Amazônia  tendal   blackfridayantropologia

Você pode também estar interessado nos seguintes produtos

Diários da floresta, de Betty Mindlin

Diários da floresta, de Betty Mindlin
R$48,00

Zoé, de Rogério Assis

Zoé, de Rogério Assis
R$70,00

Couro dos espíritos, de Betty Mindlin

Couro dos espíritos, de Betty Mindlin
R$55,00
   
Outras pessoas marcaram este produto com as seguintes tags:
Acrescentar suas Tags:
Acrescentar Tags
Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.