Skip to Store Area:

Editora Terceiro Nome

Você está agora em:

A experiência da imagem na etnografia

A experiência da imagem na etnografia

Enviar para um amigo

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em Estoque.

R$56,00
Acrescentar itens ao carrinho Adicionar ao Carrinho

Descrição Rápida

Organizadores 

Andrea Barbosa, Edgar Teodoro da Cunha, Rose Satiko Gitirana Hikiji e Sylvia Caiuby Novaes

Páginas 344
ISBN

978-85-7816-197-2

Projeto gráfico Antonio Kehl
Formato 16 cm x 23 cm
Acabamento Brochura



Temas clássicos da antropologia, como espaço, memória, corpo, religiosidade, experiência e performance têm a partir da imagem uma perspectiva analítica inovadora, que permite que o pesquisador incorpore gestos, olhares, posturas e movimentos, e que o espectador amplie sua percepção de modo ao mesmo tempo racional e sensível.

Com textos de 21 pesquisadores e dois DVDs com 9 vídeos, este livro, dividido em três partes – Cinema e Antropologia; Fotografia e Etnografia; e Experiências transdisciplinares – é resultado de um longo investimento do Grupo de Antropologia Visual da USP – GRAVI em incorporar a imagem na pesquisa antropológica.

Sobre os organizadores

Andréa Barbosa é professora do Departamento de Ciências Sociais da Unifesp, onde coordena o Grupo de Pesquisas Visuais e Urbanas (Visurb), pesquisadora do GRAVI (USP), membro da comissão editorial da Revista GIS: Gesto, Imagem, Som e autora de livros publicados por editoras como Alameda, Zahar, Unifesp, Papirus, Edusp e Terceiro Nome. Em 2015 foi Visiting Scholar na University of Oxford. Dirigiu os filmes Pimentas nos olhos (2015) e Em (si) mesma (2006), pelo qual recebeu o Prêmio Associação dos Documentaristas do Rio de Janeiro.

Edgar Teodoro da Cunha é professor do Departamento de Antropologia, Política e Filosofia da UNESP, onde coordena o Núcleo de Antropologia da Imagem e Performance (NAIP). Em 2015 foi Visiting Scholar na University of Oxford. É pesquisador do GRAVI e do NAPEDRA, ambos da USP, e editor da Revista GIS: Gesto, Imagem, Som. É coautor do livro Antropologia e imagem (Zahar, 2006) e coorganizador de Escrituras da imagem (Edusp, 2004) e Imagem-conhecimento (Papirus, 2009). Dirigiu os documentários Jean Rouch, subvertendo fronteiras (2000), Ritual da vida (2005) e Mbaraká, a palavra que age (2011).

Rose Satiko Gitirana Hikiji é professora do Departamento de Antropologia da USP, coordenadora do Laboratório de Imagem e Som em Antropologia (LISA) e do Pesquisas em Antropologia Musical (PAM) e vice-coordenadora do GRAVI. É editora da Revista GIS: Gesto Imagem e Som e autora de livros publicados por editoras como Terceiro Nome, Edusp, Humanitas e Papirus. Dirigiu ou co-dirigiu diversos filmes etnográficos, entre eles eles Violão-Canção: uma alma brasileira (2016) The Eagle (2015) Fabrik funk (2015) e A arte e a rua (2011).

Sylvia Caiuby Novaes é professora titular no Departamento de Antropologia da USP, onde foi fundadora e coordenadora do Laboratório de Imagem e Som em Antropologia (LISA) e do Grupo de Antropologia Visual GRAVI) e diretora do Centro Universitário Maria Antônia (CEUMA). Tem livros publicados por editoras como Edusp, Edusc e Terceiro Nome, e entre as publicações que resultaram de suas pesquisas entre os Bororo do Mato Grosso, Jogo de espelhos: imagens da representação de si através dos outros (EDUSP, 1993) foi traduzido e publicado pela University of Texas Press. Co-dirigiu a etnoficção Fabrik Funk (2015). É editora da Revista GIS: Gesto Imagem e Som.

Acrescentar suas Tags:
Acrescentar Tags
Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.